Tempo de Recomeçar

Tempo de Recomeçar
"Essa história vai emocionar você"

quarta-feira, 5 de março de 2008

Pais e filhos

Dia destes, estava eu em uma loja de brinquedos, pude observar um pequeno que lá estava, tinha não mais que uns sete anos de idade.
Ali mesmo na loja, em frente a todos, o garoto ia exigindo de sua mãe uma quantidade sobeja de brinquedos, algo sem limites.
A mãe, uma jovem de uns 19 anos no máximo, surpreendentemente comprou todos para o moleque, alegando diante do olhar abismado da caixa, que creio nunca ter vendido tanto brinquedo para uma só criança,
- vou comprá-los, do contrário ele se põe aos prantos!
Fiquei surpresa, e confesso preocupada com a atitude pusilânime da mãe frente aos desmandos do garoto.
Depreendi da lamentável cena, que dias difíceis virão se os pais não estiverem cônscios de sua responsabilidade na educação, na formação de seus filhos.
Hoje, a criança recebe uma overdose de brinquedos, e no futuro do que será a overdose? ...
Quais os sistemas de compensação que irão satisfazer os jovens, quais as mamadeiras psicológicas das quais irão se saciar?
Os limites são essências na infância, falo não dos limites castradores, que limitam o potencial da criança, que comprometem sua auto-estima, mas do limites saudáveis, aqueles relacionados aos bons modos, a educação.
Percebo uma geração de pais confusos, apáticos em relação à educação dos seus filhos, vá lá, educar da trabalho!!! Os pais estão deveras ocupados, uns ocupados em manter padrões sociais escravizadores, outros preocupados em se convencer que um filho não é algo tão sério assim.
Investir na educação dos filhos é, sem dúvida, o melhor empreendimento que se pode fazer, do contrário não os tenham, os filhos.
A sociedade agradece!!!
Assim me parece....
(>¨<)

6 comentários:

Maria Laura disse...

E parece muito bem. A educação das crianças é um investimento no futuro. E, na verdade, qualquer criança se sente bem mais segura quando lhe são presentes limites claros. Os pais são pais, não amigos complacentes, dizem todos os psicólogos.

LopesCa disse...

Comprar é mais fácil que educar :|

O Profeta disse...

São os novos ventos cara amiga, fazer todas as vontades aos filhos é se dissociarem da atenção pessoal que lhes deve ser dada...e depois criam-se monstrinhos...


Passou o dia sobre as cidades
Esquecido por esta estação
Uma flor deposita no vento uma semente
Este ribeiro leva consigo a ilusão

Secretamente a terra a recolhe
Guarda-a da voragem do vento
Espera que água a fecunde
Explode a vida a cada momento

Convido-te a sentir o toque pungente das trindades…


Boa fim de semana


Mágico beijo

Tuga disse...

olá
estava vendo blogs e encontrei o seu que esta otimo.
quando poder passe pelo meu e deixe seu comentário no livro de visitas se gostou

Rodrigo Oliveira disse...

Oi, Cassiane. Primeira vez q passo por aqui. Gostei da sua participação no Duelo e dos comentários no blog. Valeu! E vc tb já ganhou mais um leitor :)
Boa semana e bons textos!

Roberto Passos do Amaral Pereira disse...

Vc tem toda razão. Hoje os pais se encontram confusos. Devido as corre- corre e o pouco tempo para vivenciar com os seus filhos, tentam compensar oferendendo brinquedos...Também andam estressandos, sem paciência para ouvir seus filhos... É um pena.