Tempo de Recomeçar

Tempo de Recomeçar
"Essa história vai emocionar você"

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Amor?


Na sala, relógio e malas
Zíper pálido náilon ocre
Levam-nos em malhas
Papéis fotografia
Cheiro, café, SONHOS NÃO!

 
Para sempre é um deboche
Margens de ressacas
Num tempo feito de goles



O amor? Ah!
Peregrino de terras distantes...
Veste smoking e bebe uísque doze anos
Nunca está ao alcance
Utópicas mãos na cintura do tempo

 
Hoje veste trapos suburbanos
Tão raro e mais caro que diamante
Vive dentro de caixas de água
De vez em quando acaba!

 
Nasce na fonte
Acorda cachoeira
Dorme no rio
Morre pingo na torneira

Amor...?



(Cassiane Schmidt)

7 comentários:

Hamilton H. Kubo disse...

Maravilhosas palavras Cassiane.
E tens toda razão, quanto ao peregrino de terras distantes.
Intocável e incopreensível!
"Dorme na fonte
Acorda cachoeira
Dorme no rio
Morre pingo de torneira"

Simplesmente adorei!

Beijos!

IGDEOL disse...

Cassiane,
O amor quando paixão é um ponto de interrogação. Li com muito gosto. O poema é fascinante.

IGDEOL disse...

Cassiane,
O amor e a paixão são temas fascinantes. Gostei muito do poema.
Abraço do amigo.

Leticia Duns disse...

Olá!!!

Passando para dizer que em um pequeno gesto de carinho, postei um selo para você lá no meu blog. Em agradecimento às belas palavras que me inspiram tanto.

Beijos
Leticia Duns.

Socorro Melo disse...

Oi,Cassiane!

Por onde andas? Sentimos sua falta. Seus textos são ótimos.

Grande abraço.

Socorro Melo

Socorro Melo disse...

Cadê você? Estamos com saudades, hehehe.

Beijos
Socorro Melo

Sebastiano Landro disse...

es un blog muy interesante! felicitaciones y un saludo!