Tempo de Recomeçar

Tempo de Recomeçar
"Essa história vai emocionar você"

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

última dança


Sorrisos em “aspas” erguem muros,
Fazem-me em pedaços!
Nas reticências das horas,
A distância sentencia lados.



Chovem no passado minhas sombras
Faz frio no meu futuro!
Caí numa parte do tempo
Um lugar feito de medos.
Sou bússola sem norte!
Crianças habitam meus espelhos,
Esvaziam meus poros,
Alertam para o fim da estação
Realidade sem cortes



De silêncio vestem-se as horas
Janelas fechadas em marrom
O dia dorme onde a morte descansa
Relógios esquecidos em velhas mãos
Haverá tempo para última dança?


.
.
....................
.
.
.

 
Cassiane Schmidt

2 comentários:

Ju Fuzetto disse...

A última dança é sempre a melhor!!

Lindos versos. beijo grande

"Hamilton H. Kubo - Profundo Pensar" disse...

É sabido do tempo e sua sabedoria.
Mas tempo algum tomaria nos a prazer da última dança.
Sendo sábio como é, sabe da necessidade deste último vivenciar...

Linda poesia.

Beijos!